HISTÓRIA DO SYSTEMA  

Durante quase toda a história do seu vasto país, a Rússia teve de repelir invasores vindos de todos os cantos com estilos de combate e armamento bem distintos uns dos outros.

 

As batalhas tomavam lugar em terrenos diferentes, durante invernos gelados e verões escaldantes, com os russos muitas vezes em menor número. Em consequência destes factores, os guerreiros russos adquiriram um estilo que conciliava um espírito forte e técnicas extremamente criativas e versáteis que eram ao mesmo tempo práticas, mortais e eficazes contra qualquer tipo de inimigo em qualquer circunstância.

 

O estilo era natural e livre e não tinha regras estritas nem nenhuma estrutura rígida ou limitações (além das limitações morais). As tácticas eram baseadas em reacções instintivas, na força e características de cada indivíduo, e eram especificamente designadas para uma aprendizagem rápida.

 

Quando os comunistas chegaram ao poder em 1917 suprimiram todas as tradições nacionais e aqueles que praticavam o estilo antigo de combate podiam ser severamente castigados. Mas na procura pela mais mortífera e eficaz técnica de combate, as autoridades soviéticas rapidamente compreenderam o quão viável e devastador era o sistema de combate original, adoptando-o para algumas unidades das Operações Especiais.

Durante anos o Systema foi mantido secreto pelas mais altas patentes militares soviéticas só sendo introduzido no Ocidente a partir dos anos 1990 pelos mestres russos Vladimir Vasiliev e Mikhail Ryabko.

 

No Systema existe uma sinergia de três componentes: Técnica de Combate, Espírito Forte e Corpo Saudável. 

O corpo deve estar livre de tensão e repleto de resistência e flexibilidade. O movimento deve ser feito sem esforço e potencial explosivo.

O espírito ou o estado psicológico deve permanecer calmo, livre da ira, da irritação, do medo, da pena de si mesmo, da ilusão e do orgulho.

 

As técnicas de combate incluem movimentos que são potentes e precisos, momentâneos e económicos, subtis e diversos.

A razão pela qual a Arte Marcial Russa é chamada Systema é simples: é um conjunto completo de conceitos e componentes de treino que enriquecem a vida do praticante. Neste sentido, adquirir a habilidade da arte marcial é um meio para aperfeiçoar a função dos diversos sistemas fisiológicos do corpo e dos três níveis de capacidades humanas: o físico, o psicológico e o espiritual. 

 

O princípio chave do Systema Russo é a Não-Destruição. O objectivo é ter a certeza de que o nosso treino e atitude não prejudiquem a nossa psique e o nosso corpo nem as do nosso parceiro. O Systema é assim feito para construir e fortalecer o corpo e a psique.

 

O Systema tem outro nome «poznai sebia» ou «conhece-te a ti mesmo». Conhecer a nossa força ou fraqueza pode ser bom mas permanece superficial. O treino da Arte Marcial Russa é certamente um dos meios para ver a extensão total das nossas limitações – ver o quão orgulhosos e fracos somos na realidade. O Systema permite-nos ganhar a verdadeira força de espírito que provém da humildade. 

 

O treino correcto do Systema Russo tem como objectivo colocar cada praticante no melhor dos cenários para perceber o máximo que conseguir sobre si mesmo a um dado momento.

SYSTEMA MONCADA

Stefan de Moncada       e-mail: systemamoncada@gmail.com       telefone: (+351) 96 969 01 39